Formação Espiritual

Como Bento XVI, acreditamos que “um diálogo de verdade não ocorre entre homens que se contentam em falar sobre alguma coisa”. O diálogo torna-se comunicação quando alguém tenta expressar a si mesmo, ao invés de alguma coisa. O centro procura proporcionar esta experiência de comunicação. Quando isso acontece, é muito difícil não falar de Deus, que “é o tema dos debates entre os homens desde a aurora da história”. Naturalmente, todos são respeitados nas suas opiniões e estimados na sua alteridade. Manifestamos assim a certeza — profundamente cristã — de que as diferenças são um convite ao diálogo e à descoberta do outro.

Os moradores da casa, responsáveis por boa parte das atividades, pertencem ao Opus Dei, instituição da Igreja Católica tão falada quanto pouco conhecida. A vida e os escritos de São Josemaria Escrivá, fundador do Opus Dei, animam vários traços do ambiente, como o amor à liberdade e o bom humor. A maior parte das atividades são voltadas para rapazes no Ensino Médio e na Universidade. Com alguma frequência, promovemos eventos para as famílias. Mas todos — eles e elas — podem marcar uma visita para um café e um bate-papo. Em várias cidades, há espaços semelhantes com atividades para pessoas casadas e garotas. Interessad@s podem enviar uma mensagem.

Colaboramos com o clube juvenil Gávea, para garotos no segundo ciclo do ensino fundamental, com idade entre 11 e 14 anos. Há também outro clube para garotos no primeiro ciclo do ensino fundamental, com idade entre 6 e 10 anos. As duas iniciativas são organizadas pelos próprios pais. O centro pertence à Associação de Educação de Jovens e Adultos (SEJA), sem fins lucrativos. As pessoas que vivem na casa contribuem para sua manutenção. Também contamos com doações de frequentadores e amigos.